Unesc firma parceria com Cirquinho do Revirado

cirquinho-unesc-festival-teatro-7.jpg

Foto: Milena Nandi / Unesc

Uma nova parceria foi firmada na Unesc tarde desta terça-feira (8/8), com o intuito de fortalecer a cultura da região. O grupo de teatro Cirquinho do Revirado vai receber o apoio da Universidade para a realização do Festival Nacional de Teatro Revirado, que ocorre de 16 a 23 de setembro, em toda a região. Serão apresentações, oficinas e bate-papos, que irão passar pelo campus e por diversos municípios da Amrec e da Amesc.
O Festival Nacional de Teatro será realizado em comemoração aos 20 anos de atividades do Cirquinho do Revirado, e vai contar com 17 grupos de teatro, do Brasil e da Argentina. “Essa parceria com a Unesc fortalece a importância de levar o teatro para a comunidade. Será a primeira vez que a nossa região receberá um Festival de Teatro com essa grandeza. Será um divisor de aguas na parte de movimentação cultural nas cidades”, comentou Reveraldo Joaquim, um dos fundadores do grupo.

Para encerrar o festival será promovida a Revirada Cultural, com 12 horas de programação ininterruptas, com as mais diversas artes. Ao todo, serão mais de 100 artistas envolvidos em oito dias de evento. Serão peças teatrais, intervenções artísticas, dança, música, artes visuais, poesia, circo e cinema, que serão apresentadas em diversos locais, como escolas, centros comunitários, instituições e praças de toda a região, gratuitamente.
Segundo a reitora da Unesc, Luciane Ceretta, essa parceria traz grandes benefícios. “Nós acreditamos na transformação que a arte e a cultura oferece para as pessoas. Essa é mais uma oportunidade de dialogar e disseminar nossas crenças e valores, que vem de encontro com a missão da Unesc como Universidade Comunitária. Nós não poderíamos ficar de fora, estamos muito honrados”, ressaltou.


Centro Especializado em Reabilitação

A parceria também tem como foco as políticas de inclusão, trabalhando juntamente com o CER (Centro Especializado em Reabilitação). A ideia possibilitar acesso e formação de plateia para diferentes públicos, em especial aos frequentadores do projeto.


Saiba mais

Estão envolvidos os municípios de Criciúma, Cocal do Sul, Urussanga, Orleans, Siderópolis, Treviso, Nova Veneza, Lauro Müller, Forquilhinha, Balneário Rincão, Içara, Morro da Fumaça, Araranguá e Maracajá.

 

Colaboração: Mayra Lima / Comunicação Unesc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *