Mulher é espancada até a morte em Araranguá

IMG_7688.jpg

Uma mulher ainda não identificada foi morta violentamente em Araranguá.

O segundo homicídio do ano registrado na cidade ocorreu durante a madrugada deste domingo na Rua Coronel Apolinário Pereira, na localidade de Volta do Silveira, na beira do Rio Araranguá.

O corpo foi encontrado por volta das 10h por três ciclistas que passavam pela beira do rio e visualizaram sangue e uma peça de roupa no chão.

A Polícia Militar foi acionada e isolou a área até a chegada da Polícia Civil, Instituto Geral de Perícias (IGP) e Instituto Médico Legal (IML).

Segundo informações colhidas com exclusividade pelo Portal agora!, que acompanhou os trabalhos, a mulher foi espancada em via pública onde havia muito sangue no local e posteriormente arrastada e jogada de bruços em um matagal, às margens do rio.

O corpo, que estava nu, foi coberto com galhos.

A mulher foi brutalmente agredida com pauladas na região do rosto e na cabeça até a morte.

Pelas marcas encontradas no chão e nas mãos da vítima, a polícia acredita que houve luta corporal e que os assassinos chegaram com a vítima ainda viva em um veículo.

Além da peça de roupa (blusa jeans), no local do crime também foi encontrado e apreendido um par de tênis, possivelmente do autor do assassinato.

A vítima segue sem identificação.

Aparentemente trata-se de uma mulher branca, aproximadamente 35 anos e possuiu duas tatuagens no antebraço esquerdo – uma pena e a outra com as descrições Bruno Milena em um símbolo do infinito.

O corpo foi recolhido pelo IML onde passará por necropsia.

A Divisão de Investigação Criminal de Araranguá (DIC) já iniciou os trabalhos de investigação.

Fonte: Contra o Crime/Portal agora! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *