Em seis dias, o terceiro aumento na gasolina

midia-indoor-tv-wap-celular-combustivel-posto-gasolina-alcool-etanol-abastecimento-carro-flex-veiculo-preco-reajuste-1305292476621_1024x768-960x540-960x540.jpg

A Petrobras reajustou os preços da gasolina para as distribuidoras em 0,5% e do diesel em 0,6%.

O aumento vale a partir desta terça-feira. Esta foi a terceira correção neste mês.

A que entrou em vigor no sábado teve os mesmos percentuais, e a que passou a valer na sexta-feira, ficou em 0,8% para a gasolina.

Na região, a diferença de preços entre os postos de combustível pelo litro da gasolina comum pode variar até R$0,20, entre R$ 3,89 e R$ 4,09.

Na véspera, para o dia 1º, a estatal tinha anunciado reduções nos preços dos dois produtos. A queda para a gasolina ficou em 1,5% e no diesel em 1,4%.

De acordo com a companhia, a política de preços para a gasolina e para o diesel vendidos nas suas refinarias às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, “que representa a alternativa de suprimento oferecido pelos nossos principais concorrentes para o mercado, na importação do produto”.

Somado a isso, a empresa informa na sua página que é avaliada a margem que considera “os riscos inerentes à atividade de importação, como volatilidade da taxa de câmbio e dos preços”.

Ainda na sua página na internet, a Petrobras informa que, em busca de convergência no curto prazo com a paridade do mercado internacional, analisa a sua participação no mercado interno e avalia frequentemente se haverá manutenção, redução ou aumento nos preços praticados nas refinarias.

“Sendo assim, os ajustes nos preços podem ser realizados a qualquer momento, inclusive diariamente”, apontou.

Com informações da Agência Brasil/Portal Sul In Foco 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *