Comércio varejista avança 0,7%, indica IBGE

Supermercado.jpg

O comércio varejista nacional registrou alta de 0,7% no volume de vendas em novembro, se comparado ao mês de outubro de 2017. A informação foi divulgada nesta terça-feira (08) pelo IBGE, que mostrou também um crescimento de 5,9% na série sem ajuste sazonal, a segunda maior taxa registrada no ano passado.

No acumulado entre janeiro e novembro, o volume de vendas foi de 1,9%. No acumulado do ano, o índice em novembro subiu para 1,1%, mantendo o crescimento desde outubro de 2016.

Os números do IBGE mostraram também que o volume de vendas em novembro avançou 2,5% no comércio varejista ampliado em relação ao mês anterior. Em relação a novembro de 2016, as vendas subiram para 8,7%, sétima taxa positiva consecutiva.

Entre as oito atividades pesquisadas, cinco tiveram variação positiva na série com ajuste sazonal. O setor de artigos de uso pessoal e doméstico avançou 8% e o de móveis e eletrodomésticos, 6,1%. Já o setor de combustíveis e lubrificantes apresentou recuo de 1,8%.

Em relação a novembro de 2016, o setor de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo apresentou avanço de 5,2%. Esse foi o maior impacto registrado na formação da taxa global de varejo.

As vendas avançaram em 24 das 27 unidades da federação, com destaque para Minas Gerais, em termos de magnitude, com 6,8%. Tocantins teve variação negativa, apresentando recuo de 1,8% nas vendas.

A pesquisa completa está disponível na página do IBGE.

 

Informações: Jalila Arabi / Agência Rádio Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *