Câmara de Braço do Norte rejeita contas de ex-prefeito

1-1.jpg

Após votação na Câmara de Vereadores de Braço do Norte, o ex-prefeito da cidade, Evanísio Uliano (PP), deverá ficar inelegível por oito anos. Vânio, como é conhecido, teve as contas do exercício da gestão de 2012 rejeitadas. A votação rejeitou por seis votos a cinco as contas do ex-prefeito, durante sessão ordinária.

De acordo com a presidente do Legislativo de Braço do Norte, Soraya Michels, a votação foi feita acatando a recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Com a reprovação das contas, Vânio fica impossibilitado de disputar novas eleições, inclusive da Cerbranorte (Cooperativa de Eletricidade de Braço do Norte).

Votaram pela rejeição os vereadores Israel de Souza Machado (MDB); Carmelina Rossi, a “Dona Nina” (MDB); Jacinto Perin (PSD); Maria da Silva Kulkamp (PP);Roberto Kindermann (PSD); e Roberto Rohling, o “Beto da Patrola” (MDB).

Votaram contra o parecer do Tribunal de Contas os vereadores Celso Onei, o “Torrado” (PTB); Filippi Fernandes, o “Mui” (PP); Mário Jorge Danielski (PSD); Rafael Marcelino Borgert (PSD) e Soraya Michels (PSDB).

Vânio precisava de oito dos onze votos, ou seja, dois terços, para ter as contas aprovadas. Ainda conforme a presidente da Câmara, da decisão, o ex-prefeito poderá recorrer na Justiça.

 

Com informações do Diário do Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *