Afasc Solidária: a nova mão que ajudará a quem precisa

Inauguração-da-Afasc-Solidária-Foto-de-Daniel-Cipriano-92.jpg

Foto: Daniel Cipriano

Fundada em 1973, pela então primeira-dama, Zulma Naspolini Manique Barreto, a Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc) tinha, como principal objetivo, prestar assistência à população criciumense. Com o passar dos anos, a atuação da entidade foi ampliada a várias frentes e, atualmente, atende mais de 15 pessoas e suas famílias por mês. Para ampliar o trabalho social, foi inaugurada, nesta segunda-feira (5), que marca o aniversário de 44 anos da instituição, a Afasc Solidária.

Com localização privilegiada, na rua São José (na antiga sede da Afasc, ao lado do Camelódromo), a Afasc Solidária conta com uma equipe multiprofissional. “Realocamos alguns colaboradores e contamos com o apoio de voluntários. Queremos retomar um trabalho que se perdeu com o tempo”, enfatiza a presidente da Afasc, Adriana Salvaro, destacando a importância da contribuição das pessoas. “Faremos visitas e atendimentos, mas as solicitações só poderão ser atendidas à medida que as doações chegarem até a entidade, por isso contamos com a solidariedade de quem tem algo que não usa mais, para ajudar quem mais precisa”, afirma.

A entidade também promoverá campanhas e arrecadará os valores necessários à manutenção dos atendimentos através de um bazar. “As peças de roupas, calçados, decoração e outros materiais, que não forem doados, estarão disponíveis num bazar, com valores acessíveis, que serão revertidos para cobrir os custos do serviço”, explica, lembrando que a atuação ocorrerá em conjunto com as secretarias do Sistema Social e Saúde, além das demais entidades da rede socioassistencial.

Além disso, a Afasc Solidária contará com Madrinhas e Padrinhos Solidários. “Essas pessoas nos auxiliarão na mobilização junto aos empresários, para angariar doações e recursos”, ressalta, frisando que também serão oferecidos cursos profissionalizantes e encaminhamentos ao mercado de trabalho. “Vamos atender as necessidades emergenciais, como uma roupa, cobertor ou cesta básica, mas é importante que as pessoas tenham meios para se sustentar e superar as vulnerabilidades”, comenta.

Parceria para melhorar a vida de quem precisa

Já o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, que também prestigiou o ato, reafirma a importância da inauguração. “O momento econômico que enfrentamos requer cortes de despesas, por isso tivemos que reduzir o repasse para a Afasc em 21%. Mesmo assim, a entidade economizou e agora prestará um importante serviço à população da cidade”, sublinha. “Com a Afasc Solidária, a Prefeitura contará com um importante parceiro para melhorar a vida das pessoas que mais precisam”, avalia.

A Afasc Solidária atende a população de Criciúma, através de encaminhamentos dos Centros de Referência em Assistência Social (Cras), de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 e das 13 às 17 horas.

Inauguração da Afasc Solidária - Foto de Daniel Cipriano (85)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *