Vigilância em Saúde de Cocal do Sul esclarece sobre casos de notificação de suspeita de dengue, chikungunya e zika

Reunião-agentes-de-saúde-dengue-3.jpg

Foto: Divulgação

Em razão dos casos notificados em relação a suspeita de dengue, chikungunya e zika no município, a Secretaria de Saúde de Cocal do Sul por meio da Vigilância Epidemiológica esclarece os encaminhamentos realizados nos últimos dias com o objetivo de tranquilizar a população a respeito das suspeitas sem confirmação.

Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Gilmara Viel quando ocorre uma suspeita de qualquer uma das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti é coletado uma amostra de sangue do paciente e, posteriormente, encaminhado à Florianópolis para análise. “A Secretaria de Saúde notificou três casos como suspeitos das doenças no município até o momento, sendo dois deles já descartados pela análise da amostra de sangue e o terceiro que aguarda pelo resultado do exame no Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) do Estado”, explica Gilmara.

Assim que uma suspeita é notificada, a Vigilância Epidemiológica já começa a fazer os trabalhos para descobrir se há a presença do mosquito causador das doenças na região comunicada, antes mesmo do resultado da análise. “Em muitos casos sequer encontra-se larvas. A doença ou o mosquito infectado muitas vezes são trazidos de outras cidades, regiões ou estado do país. Sendo assim, o trabalho realizado pela Vigilância Epidemiológica é de extrema importância para descobrir possíveis focos instalados em nosso município”, detalha a agente.

Contudo, pede-se a colaboração da população para que mantenham os cuidados básicos de não deixar água acumulada em nenhum recipiente, lavando ao menos uma vez por semana com escova a vasilha de água dos animais. “Sempre que houver sinais e sintomas de qualquer uma das doenças, procurar imediatamente a unidade de saúde de seu bairro, para avaliação médica”, orienta a coordenadora.

 

Agentes de saúde recebem capacitação

A Secretaria de Saúde também realizou nesta quinta-feira (26) um encontro com as Agentes de Saúde para esclarecer os casos de notificação. A reunião foi conduzida pela enfermeira e coordenadora da Vigilância, Gilmara Viel juntamente com os agentes Guilherme Machado e Maria Bernadete S. Vitalique orientaram as profissionais para que as informações sejam repassadas com clareza e que o município não possui nenhum caso confirmado. Além disso, foi tratado sobre as orientações em relação a vacina contra a febre amarela que esta disponível todas as sextas-feiras, na Unidade de Referência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *