Reabilitação de dependentes químicos é promovida com apoio do jiu-jitsu

IMG_3569.jpg

Uma parceria entre o Centro de Tratamento de Adicção (CETRAD) de Içara e a Lotus Club (CETEPE) tem feito a diferença no tratamento de dependentes químicos que buscam todos os dias viverem longe do mundo das drogas. O grupo disponibilizou os equipamentos necessários para os treinos e o tatame para que os acolhidos tenham a oportunidade de um novo recomeço.

O.M.L., 36 anos, morador de Criciúma, é um deles. Usuário desde os 11 anos, está acolhido há quatro meses e utiliza o esporte para cuidar do lado intelectual, do espiritual e físico. “A abstinência causa um stress natural, o que acaba resultando ainda em baixa-estima, dificuldades de relacionamento, e resistência para seguir normas e regras que podem ser superada através deste esporte”, comenta ele.

Os treinos quando aliados ao estilo de vida é uma excelente ferramenta para ajudar a manter o equilíbrio entre a saúde mental e a saúde física na avaliação do instrutor faixa preta, Lucas Pretto da Silva. Popularmente conhecido como Ceará, ele pratica arte marcial desde 2002 e acredita que o esporte é uma terapia ocupacional que oferece bons resultados, estimulando a disciplina e a hierarquia dos tatames.

 

Aplicação do Projeto

Desenvolvimento da aula: Fundamentação teórica da prática esportiva, disciplina e fundamentos técnicos iniciais do esporte (o objetivo é apresentar o esporte sem aprofundá-lo tecnicamente). Alongamentos antes e após os treinos e o local da atividade é no próprio centro de terapêutico, a partir da montagem de tatame de encaixe que é montado e desmontado após os treinos.

 

Colaboração: Kênia Casagrande / Assessoria de Comunicação do Governo de Morro da Fumaça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *