48 3413-7971

Ovos de Páscoa estão 10% mais caros em Criciúma, aponta Procon

Ovos de Páscoa estão 10% mais caros em Criciúma, aponta Procon

Com a proximidade da Páscoa, comemorada no dia 21 de abril, o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Criciúma finalizou uma pesquisa de preços em seis estabelecimentos comerciais do município. O levantamento iniciou na quinta-feira (21) e foi concluído nesta segunda-feira (25).

Conforme a pesquisa do órgão da Administração Municipal, de 2018 para 2019, a variação média de preços de ovos de chocolate registrou aumento de 10% em Criciúma. Os valores dos produtos variam até 67,1% nos locais analisados, sendo que um produto de 240g que custa R$ 32,90 em uma loja é vendido por R$ 54,99 em outro estabelecimento comercial. "Pesquisar os preços em diversos locais é fundamental. De uma loja para outra, há uma grande diferença nos valores", ressalta o coordenador do Procon, Gustavo Colle.

Os profissionais do Procon analisaram os preços de 60 produtos diferentes, de 100g a 6140g. Nos locais pesquisados, os preços dos ovos de chocolate variam, em média, 25,6%. "Um caso que chamou a atenção é um ovo de chocolate de 332g que, em 2018, o mais barato custava R$ 39 e o mais caro era encontrado por R$ 44. Em 2019, o menor preço deste produto é R$ 45 e o maior é R$ 62. Uma variação de 58% de 2018 para 2019", comenta Colle.

De acordo com o coordenador, analisar os preços antes de comprar produtos para a Páscoa gera uma economia expressiva no orçamento familiar. "Alguns ovos de chocolate registraram aumentos de preços significativos. Fazer um planejamento e pesquisar valores em diferentes estabelecimentos é fundamental para os consumidores não saírem prejudicados", destaca.

O Procon de Criciúma funciona de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h, na rua Henrique Lage, 267, no Centro. Esclarecimentos e denúncias podem ser realizadas através do telefone (48) 3445-8522 ou pelo 151. Mais informações também podem ser obtidas no siteprocon.criciuma.sc.gov.br.

Dicas do Procon de Criciúma para ir às compras na Páscoa:

1 - Pesquisar os preços de produtos em diferentes estabelecimentos comerciais.

2 - Comprar sempre à vista e exigir a nota fiscal das compras efetuadas.

3 - Não levar crianças, pois elas acabam sendo influenciadas pelos brinquedos que acompanham os ovos de Páscoa.

4 - Quando houver inclusão de brinquedos no interior dos ovos de Páscoa, o consumidor deve observar se a embalagem traz o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e a idade recomendável para o uso do brinquedo.

5 - Observar os rótulos das embalagens e visualizar se contém informações essenciais, como data de validade, peso líquido, composição e ingredientes dos produtos comercializados.

Informações:
Gustavo Colle (48) 99682-2972


Texto: Jhulian Pereira
Fotos: Divulgação/Decom