Logo Rádio Hulha Negra

Passagem do transporte coletivo não sofrerá reajuste pelo segundo ano consecutivo

08/07/2019

Neste ano, a passagem do transporte coletivo não sofrerá reajuste em Criciúma.

O anúncio foi realizado na manhã desta segunda-feira, dia 8, pelo prefeito Clésio Salvaro.

É o segundo ano consecutivo que o município não aumenta o valor da passagem.

Atualmente, existem 56 linhas ativas do transporte coletivo na cidade.

Além disso, são 119 veículos, sendo 19 amarelinhos, 94 branquinhos e seis veículos leves.

De acordo com o prefeito de Criciúma, a prefeitura está realizando diversos estudos buscando melhorar o transporte público.

“A intenção é racionalizar o preço da passagem do transporte coletivo; O melhor é que não tenha o reajuste; Não queremos que o usuário deixe de usar o transporte coletivo; Temos a passagem mais barata de Santa Catarina referente ao cartão de ônibus, por exemplo, em Florianópolis a passagem custa R$ 4,18, em Blumenau R$ 4,20 e Joinville R$ 4,40; Já em Criciúma no cartão custa R$ 3,90”, explica.

O presidente da Associação Criciumense de Transporte Urbano (ACTU), Everton Trento, afirma que para a empresa manter o preço da passagem é um problema.

“Teremos um desequilíbrio financeiro; Queríamos aumento de 5%, mas não foi aceito; Mas, com as mudanças de rotas, construções de novas vias, vamos rever nossas linhas e horários”, comenta.

Em média, são transportados mais de um milhão de passageiros por mês.

Aproximadamente 24% das passagens são pagas na hora em dinheiro e 76% são recargas feitas nos cartões.

Atualmente em Criciuma os preços das passagens são:.

Cartão eletrônico:.

Criciúmacard Estudante - R$ 1,95.

Cartão Criciúmacard Professor - R$ 2,92.

Criciúmacard Vale Transporte - R$ 3,90.

Passagem (catraca) - R$ 4,25.

Fonte: Rafaela Custódio/Foto Arquivo: Thiago Hockmüller - Engeplus
Passagem do transporte coletivo não sofrerá reajuste pelo segundo ano consecutivo
Logo Rádio Hulha Negra
Rádio Hulha Negra - Todos os direitos reservados ©