Finalizada capacitação para facilitadoras dos Grupos de Idosos e CCTI

Capcitação-facilitadoras-Idosos-Divulgação-Afasc-02.jpg

Foto: Divulgação / Afasc

Foi finalizada nesta quarta-feira (22), a capacitação que reuniu mais de 13 profissionais que atuam nos Grupos de Idosos e facilitadores do Centro de Convivência da Terceira Idade (CCTI). As atividades com os colaboradores iniciaram no dia 15 de fevereiro, sendo que, a partir da próxima quinta-feira (2), os capacitadores voltam a atender sua clientela normalmente, nas comunidades e no CCTI.

Segundo a coordenadora dos Grupos de Idosos, Nézia João Pereira, a Administração quer promover um envelhecimento ativo, oferecendo à população com mais de 60 anos a oportunidade de conviver em sociedade com qualidade. “Essa capacitação torna-se importante para que possamos atualizar as equipes em novas formas de trabalho, oferecendo um serviço de melhor qualidade aos idosos. Os idosos de nossa cidade são muito ativos, e temos que realizar atividades que os mantenham nesse ritmo. Queremos que eles continuem sendo donos de si, que continuem contribuindo com a sociedade, tomando suas próprias decisões, se relacionando, mas principalmente que tenham muita saúde física e mental”, destaca Nézia.

Durante estes seis dias, os profissionais participaram de oficinas, dinâmicas e palestras, para levar até os idosos qualidade nos serviços ofertados através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Idosos.

Para o coordenador do CCTI, Daniel Cipriano, é necessário que a equipe sempre esteja se atualizando para que todo o serviço prestado seja reconhecido por quem o utiliza. “Durante todos estes dias foi trabalhado e conversado sobre a rotina desses profissionais, que tipos de atividades esses facilitadores poderão aplicar com os idosos, as Leis sobre Idosos. Aproveitamos estes dias também para planejar a dinamização das atividades, pois sabemos que não basta simplesmente aplicar, temos que trazer os idosos pra dentro delas, pra que se sintam bem. Vamos continuar levantando a autoestima e trabalhar de forma humanizada”, comenta Cipriano.

No CCTI são ofertadas oficinas de jogos de mesa, Arte Terapia, Grupo de Vivências, dança de salão, atendimento odontológico, massoterapêutico, entre outras atividades. Nas comunidades, as capacitadoras realizam atividades físicas, musicais, entre outras. Contabilizando, os serviços da Afasc para idosos, hoje são atendidos mais de 1.655 idosos.

 

Texto: Milena dos Santos / Comunicação Afasc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *