Criciúma vence e se mantém vivo na luta pelo Campeonato Catarinense

1890-12753_vTtpUC3.jpg

Foto: GloboEsporte.com

Somente a vitória interessava para Criciúma e Tubarão na manhã deste domingo (9), no estádio Heriberto Hülse. A necessidade de somar três pontos fez o jogo ser acirrado e com boas chances de gols para os dois lados. Mas o Tigre foi mais oportunista, derrotou o Peixe e se mantém vivo na luta pelo returno do Campeonato Catarinense.

O time carvoeiro teve a primeira investida no ataque e chegou com perigo logo aos dois minutos, com o volante e capitão, Ricardinho. O jogador acertou um belo chute de fora da área, mas o goleiro Luiz Carlos fez boa defesa.

A resposta do Tubarão veio rápida. No mesmo minuto, Ratão recebeu sozinho com o goleiro Luiz, que saiu bem e abafou o atacante adversário.

 

Lance incrível  

Aos 12 minutos, ainda da primeira etapa, Jheimy iniciou boa jogada pelo pelo meio e acionou Alex Maranhão, que recebeu pelo lado esquerdo e cruzou para o meio da área, onde encontrou novamente o número 9 do Tigre. No momento da conclusão, a bola acabou quicando e o atacante carvoeiro pegou mal na bola e perdeu um gol incrível.

 

Deu trabalho 

O artilheiro do Campeonato Catarinense, Renteria, deu trabalho a zaga do Criciúma, criando espaços e sendo parado somente com faltas. Na primeira etapa os zagueiros Raphael Silva e Diego Giaretta pararam o colombiano com falta e receberam cartão amarelo.

 

Segunda etapa 

Na volta do intervalo o técnico Deivid realizou uma alteração que mudou o jogo. Tirou o meia Caíque Valdívia e colocou Adalgiso Pitbull. O atacante carvoeiro precisou de 18 minutos em campo para marcar o gol do triunfo tricolor. O jogador recebeu cara a cara com Luiz Carlos, driblou o goleiro do Peixe e marcou para o Tigre.

Com o resultado adverso, o Tubarão precisou ir ao ataque e teve a melhor oportunidade aos 36 minutos da etapa complementar. Diego Giaretta derrubou novamente o atacante Renteria, desta vez dentro da área. O arbitro marcou pênalti e expulsou o zagueiro tricolor, que já tinha cartão amarelo.

Na cobrança da penalidade, o goleiro Luiz acertou o canto, mas quem salvou a equipe do Criciúma foi a trave. O atacante do Tubarão acertou o poste direito do arqueiro do Tigre.

Mesmo com um a menos no restante do jogo, o time criciumense segurou o resultado de 1 a 0 e ainda segue vivo na disputa do campeonato.

 

De olho na rodada 

A vitória carvoeira deixou a equipe com 14 pontos no returno do Campeonato Catarinense, dois a menos que o Joiville, que jogou ontem e venceu o Inter de Lages, na Arena Joiville, e dois a menos que a Chapecoense, que joga hoje às 16 horas, no estádio do Sesi, em Blumenal, contra o Metropolitano. Outro time que pode passar o Tigre na tabela de classificação é o Avaí, que joga neste domingo às 18h30, contra o Figueirense, no estádio Orlando Scarpelli. ,

 

Ficha técnica 

Criciúma: Luiz, Diogo Matheus, Raphael Silva, Diego Giaretta e Marlon; Barreto, Ricardinho, Caíque Valdívia (Adalgiso Pitbull) e Alex Maranhão (Jean Magabeira); Caio Rangel e Jheimy (Andrew) 

Tubarão: Luiz Carlos, Marcos Vinícius, Gerson (Lucas Crispim), Gustavo Basto e Weriton; Liel, Paulo Vinicius (Matheus Guacho), Ricardo Conceição e Daniel Costa; Rafael Ratão (Valdo Bacabal) e Renteria.  

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *