Alunos da rede municipal de Criciúma participam de campanha contra o Aedes aegypti

aedes_dengue_zika.jpg

Foto: Agência Brasil

Na Semana Saúde na Escola de 2017 o foco é o “Combate ao Aedes aegypti”. Com orientações do Governo Federal, por meio dos Ministérios da Saúde e Educação, ações de prevenção e combate ao mosquito serão realizadas em todo o país até sexta-feira (7). Em Criciúma, mais de 15 mil alunos da rede municipal de ensino participam das atividades. A mobilização integra o Programa Saúde na Escola (PSE).

“É importante que toda a comunidade contribua. Atividades serão levadas às escolas do município com o objetivo de mostrar aos alunos a importância de impedir a proliferação do Aedes aegypti. Também serão repassadas orientações para que os estudantes compartilhem as informações com a família e todos os moradores do bairro”, ressalta a secretária municipal de Saúde, Francielle Lazzarin Gava.

Além de conversas e vistorias no ambiente escolar, a Secretaria de Saúde, em parceria com a Secretaria de Educação, propuseram aos alunos do 5° e 7º ano a produção de um vídeo informativo. “Neste vídeo, eles precisam falar das medidas que devem ser adotadas para evitar o aparecimento de focos do mosquito da dengue. Eles podem solicitar o apoio dos profissionais de saúde, além de utilizar a criatividade, através de músicas, paródias, além de outros recursos”, explica a secretária municipal de Educação, Roseli de Lucca.

Um vídeo será selecionado para representar a escola e ser apresentado a todas as turmas, pais, representantes da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro e Conselho Local de Saúde (CLS). As unidades de ensino que completarem todas as etapas receberão uma placa denominada “Escola livre do Aedes aegypti”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *