Administração municipal e Lions Clube estudam local para projeto Residencial do Idoso em Morro da Fumaça

Foto-projeto-Lions1.jpg

Com a proposta de construir um espaço para os idosos de baixa renda em Morro da Fumaça, o Lions Clube se reuniu com o prefeito Noi Coral e o vice-prefeito Eduardo Sartor Guollo, na quinta-feira (23), para estudar um local que será cedido pela prefeitura.

A presidente do Lions Valdete Guollo Salvan descreve o residencial como um “ambiente vivo” e não um asilo para as pessoas da terceira idade. “É um espaço de acolhimento que oferece uma melhor qualidade de vida e bem estar aos idosos. Eles terão contato com a natureza, sala para exercícios físicos, oficinas de trabalho, espaços de lazer, farmácia, e claro, todo atendimento necessário com profissionais da saúde e o suporte da família.”

O prefeito Noi e o vice Eduardo apoiaram o projeto e estão dispostos a ceder um local para que o projeto saia do papel. “Vamos seguir os trâmites legais para a doação do terreno e acredito que não haverá objeções na Câmara de Vereadores quanto a aprovação, pela importância desta proposta e os benefícios que ela trará para os nossos idosos e consequentemente nossas famílias,” assegura Coral.

O espaço que também abrigará um hotel para aqueles que precisam passar alguns dias ou apenas finais de semana, foi elogiado pelo vice-prefeito. “O Lions pode contar com o suporte social dos nossos profissionais e se o residencial se concretizar, com certeza será referência no município”.

O Lions Clube conta com outras parcerias para poder realizar a construção do residencial. De acordo com a presidente o engenheiro civil, Paulo Espindola, está desenvolvendo o projeto e, arquitetos, empresas, Câmara de Dirigentes Lojistas, profissionais da saúde e universidades podem contribuir para que a ideia se concretize.

 

Colaboração: Kênia Casagrande / Assessoria de Comunicação do Governo de Morro da Fumaça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *